Dicas gramaticais… COLOCAR e PÔR

Tira-dúvidas de Português de A a Z – Alpheu Tersariol
COLOCAR/PÔR
Perceba a diferença entre colocar e pôr.

O verbo colocar significa “pôr em algum lugar”. E sempre deve ser usado para coisas materiais. Assim: A empregada colocou os pratos na mesa. / Colocou o dinheiro na carteira. / Colocou o diploma na parede do escritório.

O verbo pôr deve ser usado nas locuções e frases feitas, nas definições de coisas abstratas, nas coisas referentes ao espírito e no sentido figurado. Assim: O delegado pôs frente a frente os suspeitos. / Vamos pôr em cheque sua honestidade. / Já é hora de pôr ponto final nessas intrigas. / A empregada pôs a mesa. / Pôs as ideias no papel.

No dia a dia, prefira pôr a colocar.

Verbo pôr
Observações:
1ª) Observe que o verbo pôr tem acento. Não confunda com por (sem acento) que é uma preposição: Faça isso por mim. / Esteve chamando por quase duas horas.
2ª) Observe a diferença: Ele põe e eles põem. É a forma singular e a do plural, respectivamente: Deus dispõem, e os homens põem.
3ª) Nenhuma forma de pôr é escrita com z, mas com s. Assim: eu pus, ele compôs, quando ele puser etc.

Não erre mais! – Luiz Antonio Sacconi
Colocar
Não se aconselha o uso deste verbo como sinônimo de expor. Por isso, não fica bem “colocar” uma questão. Mas um dicionário já registra a sinonímia.

Dicionário de dúvidas, dificuldades e curiosidades da língua portuguesa – Luiz Antonio Sacconi
Colocar
Evite dar a este verbo a acepção de expor, apresentar, muito comum na língua falada daqueles pobres de vocabulário: Você “colocou” bem a questão. Ele “colocou” bem o problema. (E provocou outro...). Também não há propriedade no emprego de “colocação” por exposição, apresentação, apesar do abono de um dicionarista. Há certos dicionários que realmente...

Manual de redação e estilo – jornal O Globo
Colocar
Com o sentido de declarar ou argumentar, é um modismo de mau gosto, comum em manifestos estudantis. No sentido literal, é pôr em algum lugar. É mau estilo usar quase unicamente colocar, esquecendo pôr e botar.

Manual de redação e estilo – jornal O Estado de S.Paulo
COLOCAR
1 – Colocar significa pôr em algum lugar e deve ser usado para coisas materiais: Colocou o copo no armário. / Colocou os azulejos na parede.
2 – Pôr se emprega nas locuções e frases feitas, no sentido figurado e na definição de coisas abstratas e do espírito: pôr em prática, pôr frente a frente, pôr o dedo na ferida, pôr em xeque, pôr em pratos limpos, pôr um ponto final, pôr fogo, pôr o assunto em dia, pôr a mesa, pôr os pensamentos em ordem etc.
3 – Em qualquer situação, sempre que possível, prefira pôr a colocar.

Michaelis Português Fácil: Tira-dúvidas de redação – Douglas Tufano
COLOCAR, COLOCAÇÃO
O verbo colocar significa “pôr em certo lugar”, e só nesse sentido físico deve ser usado: Ele colocou o livro na estante. Por isso, evite usá-lo com o sentido de afirmar, opinar, comentar etc.: Ele afirmou que discorda de nossa opinião (e não “ele colocou que discorda”) / Durante o debate, ele fez várias perguntas (e não “colocou várias perguntas”) / Quero propor uma questão (e não “quero colocar uma questão”). O mesmo vale para o substantivo colocação. Podemos falar de colocação profissional, colocação pronominal etc. Mas não use essa palavra como sinônimo de comentário, questionamento, opinião, sugestão etc.: Durante a conversa, ele fez vários comentários (e não “fez várias colocações”). ● Além disso, evite usar “colocar” no lugar de “pôr” em expressões consagradas, como: pôr o dedo na ferida, pôr em prática, pôr em xeque, pôr a mesa, pôr o assunto em dia, pôr tudo em pratos limpos, pôr o carro na frente dos bois.

Dicionário de dificuldades da língua portuguesa – Domingos Paschoal Cegalla
Colocação
Evite-se usar colocação no sentido de opinião, afirmação, ideia, sugestão. É um dos muitos modismos repetidos a exaustão. A propósito, eis o que afirmou um conceituado jornalista e escritor: “E não é de hoje que se esbarra a cada momento com expressões como proposta, colocação, a nível de – por aí a fora. Os linguistas, sociólogos, comunicadores... estão chamados a estudar esse fenômeno alarmante que é a busca da originalidade visando uma pobre fábrica de clichês modernosos”. (Moacir Werneck de Castro, JB, 28/5/94) ● O mesmo se diga do uso de colocar na acepção de opinar, afirmar, expor ideias.

Corrija-se! de A a Z - Luiz Antonio Sacconi
Colocação e colocar – qual a novidade?
A novidade é que não convém usar colocação por argumento, exposição. Assim, p. ex.: Achei interessante a sua “colocação”.
Também não convém usar o verbo colocar por expor. Assim, p. ex.: Você “colocou” bem a questão. ● Ela “colocou” bem o problema.
Há dicionários que abonam tudo isso. Maravilha!

O português do dia a dia ¬– Prof. Sérgio Nogueira
Colocar
Verbo usado excessivamente. Evite. Use quando houver claramente ideia de “lugar”: “Colocar a bola na marca do pênalti”; “Vai colocar o livro na estante”. Nos demais casos, devemos usar verbos mais precisos: “Vestir (e não colocar) a camiseta”; “Pôr (e não colocar) em prática”; A galinha põe (e não coloca) ovos”; “Botar (e não colocar) água no feijão”; “Sou contrário à ideia que você expôs ou defendeu ou apresentou (e não colocou). E jamais usar o famoso “vou fazer uma colocação”. É melhor falar, afirmar, expor, argumentar, opinar... Exemplo inaceitável: “Mas o senador não respondeu à pergunta que eu coloquei (= fiz, formulei).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *