Saltar para o conteúdo

Olimpíadas trazem conhecimento e oportunidades profissionais

A participação de estudantes em olimpíadas de conhecimento abre portas profissionais e amplia oportunidades de estudo, mas não se limita aos alunos premiados. Na avaliação do diretor-geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), Marcelo Viana, há ganhos em uma cadeia muito maior.

“Uma olimpíada abre portas profissionais para os estudantes premiados, amplia os conhecimentos, mas é muito mais que isso. Você pega um município pequeno, onde as oportunidades são limitadas, e um estudante consegue uma bolsa em uma escola em outro município, ou continua seus estudos, são transformações extraordinárias”, destaca Viana, responsável pela organização da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep).

Ele afirma que as olimpíadas atingem um número imenso de estudantes e são importantes para que os alunos aprendam a gostar das disciplinas.

“Não é uma competição. Essas olimpíadas ensinam o gosto pelas disciplinas, no caso da Obmep, pela matemática”, afirma.

Atualmente, mais de 55 mil escolas de todo o país participam da Obmep, em mais de 99% dos municípios brasileiros, segundo o diretor-geral.

Internacional

Medalhista de ouro na Olimpíada Internacional de Economia, em São Petersburgo, na Rússia, Guilhermo Costa afirma que a participação nesse tipo de evento amplia os conhecimentos sobre o mundo e ajuda na escolha dos próximos passos da vida acadêmica.

Segundo Raphael Zimmermann, líder da equipe que foi campeã na Rússia, a oportunidade de estar em contato com pessoas cujos estudos vão criar impacto na sociedade é interessante para os estudantes. “É uma grande oportunidade de estar formando conexões. Você acaba tendo contato com uma diversidade cultural muito grande, com uma visão de mundo diferente. É muito valioso isso tudo”.

Obmep

Podem participar da Olimpíada de Matemática alunos inscritos em escolas públicas municipais, estaduais e federais, ou em escolas privadas brasileiras do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio. As escolas fazem a inscrição e indicam quantos alunos irão participar da primeira fase. A inscrição é gratuita para escolas públicas, e o custo para escolas privadas varia de acordo com o número de estudantes participantes.

Este ano, os alunos inscritos para a 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep 2019) participam da segunda fase no dia 28 de setembro. A lista dos candidatos premiados será divulgada em 3 de dezembro de 2019.

Escolas públicas

Professores de matemática de escolas públicas podem participar do Programa Obmep na Escola que oferece uma bolsa para que docentes criem turmas especiais, com 20 alunos, para estudar matemática. Os selecionados recebem, durante sete meses, uma bolsa de R$ 765 que pode ser renovada de acordo com o desenvolvimento dos alunos. Atualmente, 900 professores e cerca de 18 mil alunos são beneficiados pelo programa.

(Fonte: Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *