Saltar para o conteúdo

DICIONÁRIO “AURÉLIO”
caixa-d’água
Substantivo feminino
1 Reservatório de água, quer para abastecimento de uma cidade ou bairro, quer de um edifício.

Substantivo masculino
2 Bras. V. ébrio (8). [Pl.: caixas-d’água.]

DICIONÁRIO “CALDAS AULETE”
CAIXA-D’ÁGUA (cai.xa-d'á.gua)
sf.
1 Reservatório em forma de caixa que serve para armazenar água (em casa, prédio, bairro etc.) [Pl.: caixas-d´água]

s2g.
2 Bras.  Pop. Joc.  Indivíduo que bebe muito (bebida alcoólica); ÉBRIO; BÊBADO [Pl.: caixas-d´água]

DICIONÁRIO “HOUAISS”
CAIXA-D’ÁGUA
n substantivo feminino
1 compartimento ou reservatório, ger. situado em local elevado, onde é armazenada a água que abastece uma casa, edifício, bairro, cidade etc.

n substantivo de dois gêneros
Regionalismo: Brasil. Uso: jocoso.
2 bêbado, ébrio ('pessoa que bebe muito')

Volp 5ª Edição 2009
caixa-d’água
s.f.; pl. caixas-d’água

Locução adverbial
Sem acento na preposição A. Não se acentua o A antes de palavra masculina, pois não há crase. Assim também: A PÉ, A CAVALO, A BORDO DE, A LÁPIS, A MUITO CUSTO, A JATO...

DICIONÁRIO “AURÉLIO”
A prazo
Econ. Com pagamento futuro, que se pode dar de uma só vez ou em prestações; a crédito: Comprei minha televisão a prazo.

DICIONÁRIO “CALDAS AULETE”
A prazo
Econ. Com pagamento no futuro, ger. parcelado.

 

 

 

 

Todos os quatro trabalhavam para uma empresa.

O uso do artigo é obrigatório após o pronome indefinido TODOS que antecede um substantivo. Dizemos, portanto, TODOS OS dias, TODAS AS pessoas, TODOS OS documentos, TODAS AS reuniões...

Omite-se o artigo, entretanto, na construção sintática em que o referido pronome determina um numeral. Assim: TODOS três, TODOS cinco, TODOS quatro...

É importante observar, contudo, que o artigo volta a ser necessário quando o numeral antecedido do pronome TODOS adjetiva um substantivo. Assim: TODOS OS três irmãos, TODAS AS cinco regras, TODOS OS três livros...

Apresentamos, abaixo, duas correções possíveis:
Todos quatro trabalhavam para uma empresa.

Todos os quatro agentes trabalhavam para uma empresa.

 

Já encontrei em várias redações APARTIR DE (APARTIR como sendo uma única palavra). Então, é bom insistir: o A é preposição, PARTIR é verbo, e se escrevem separadamente.

Outro erro, aliás, bem mais frequente, é colocar acento grave (`) no A e escrever À PARTIR DE. Nesse caso, é bem mais fácil evitar o erro. É só guardar o princípio geral de que não pode haver À (= A com acento grave) antes de verbo no infinitivo. Como PARTIR é infinitivo, a crase está errada. Por quê? Porque, nesse caso, o A é mera preposição.

Então, do mesmo modo que não existe acento grave em A PARTIR DE, não pode haver crase em expressões como COMEÇOU A CHORAR, DISPOSTO A COLABORAR, DECIDIDO A NÃO ACEITAR...

REFORÇANDO:
A PARTIR DE é uma expressão com três palavras separadas e o A não leva acento grave, não ocorre a crase.

 

 

 

 

 

Está chovendo desde às 20 horas.

Na frase acima, foi indevidamente empregado o acento grave (indicador do fenômeno da crase).

Ocorre crase quando a preposição A se encontra com os artigos femininos A ou AS, com os pronomes demonstrativos femininos A ou AS, com a vogal inicial dos pronomes demonstrativos AQUILO, AQUELE, AQUELES, AQUELA, AQUELAS ou com a vogal A dos pronomes relativos A QUAL e AS QUAIS.

No exemplo selecionado para o comentário de hoje, a preposição DESDE antecede o artigo definido feminino AS. Não ocorre, portanto, a crase.

Observe que não pode ocorrer a crase quando uma preposição diferente de A antecede o artigo feminino.

Assim: “A entrevista estava marcada para as 17h”, “Faltam 15 minutos para as 14h”, “A bilheteria estará aberta entre as 14 e as 18h”. “Terá de repetir isso perante as autoridades”.

REFORÇANDO:
DESDE
Sempre sem crase: Desde as duas horas (e não “desde às”). / Desde o dia anterior (e não “desde ao”).

A expressão JUNTO A quer dizer AO LADO DE. Assim: “Foi fotografada junto aos filhos”, ou seja, “ao lado dos filhos”.

Evite empregar a locução em frases do tipo: “Tomou um empréstimo junto ao banco”. A ideia certamente não é dizer que alguém tomou um empréstimo ao lado do banco. Bastaria, então, dizer que a pessoa “tomou um empréstimo ao banco”.

Ele não reconheceu a existência de uma milionária caixa dois.

A palavra CAIXA tem diversas acepções. Quando nomeia o livro comercial onde se registram entradas e saídas de dinheiro, é um substantivo masculino. Dizemos, portanto, o CAIXA DOIS.

Ele não reconheceu a existência de um milionário caixa dois.

DICIONÁRIO “AURÉLIO”
Caixa dois
Com. Ind. Controle de recursos desviados da escrituração legal, com o objetivo de sonegá-los à tributação fiscal. [Cf. economia invisível e contabilidade paralela.]

DICIONÁRIO “CALDAS AULETE”
Caixa dois
1 Cont. Fluxo financeiro não contabilizado, como forma de omitir a origem dos recursos ou visando à sonegação fiscal.

"Caixa 2 é o caixa onde fica o dinheiro desviado, não contabilizado, e muito menos declarado aos órgãos de fiscalização responsáveis. O superfaturamento nas compras, o subfaturamento de vendas, a não contabilização das mercadorias vendidas e de parte dos produtos fabricados.

Deixar de declarar um valor, ou declarar um valor menor é crime de sonegação fiscal, previsto na Lei 8.137/1990". (http://www.infoescola.com/economia/caixa-2/)

 

 

 

No último sábado (1°/4), o Cordino, time de Barra do Corda (MA), surpreendeu o Imperatriz. Quando li, pela primeira vez, pensei... Mentira! Só pode ser brincadeira de 1° de abril... Mas... o Cordino sagrou-se campeão do primeiro turno do Campeonato Maranhense de futebol. Parabéns! Veja os melhores momentos.

Leia a frase:

“Outros golpes também SE PROLIFERAM entre as máquinas nacionais”.

A dica de hoje é sobre o verbo PROLIFERAR, um dos que frequentemente são tratados como pronominais sem o serem.

Não se trata de verbo pronominal nem de verbo reflexivo, portanto o pronome (“se”) é redundante.

O mesmo se dá com o verbo SOBRESSAIR, que a tradição sempre tratou como intransitivo.
Assim: Seu belo trabalho SOBRESSAIU aos demais.

O verbo SIMPATIZAR também não requer o pronome reflexivo.
Dizemos que uma pessoa SIMPATIZOU com outra (não “simpatizou-se”). O mesmo vale para seu antônimo, ANTIPATIZAR (“Ela antipatizava com ele”).

Já outros, que são pronominais, muitas vezes aparecem sem as suas formas átonas correspondentes.

Assim: Alguém SE DESVIA de um obstáculo, algo SE ROMPE, alguém SE LEVANTA cedo, alguém SE SENTA à mesa etc.

Veja, abaixo, a frase corrigida:

Outros golpes também PROLIFERAM entre as máquinas nacionais.

DICIONÁRIO "AURÉLIO"
[De prolífero + -ar2.]
Verbo intransitivo.
1. Ter prole ou geração; reproduzir-se, prolificar: O homem proliferou, espalhando-se sobre os cinco continentes.

2. Reproduzir-se (o micróbio).

3. Aumentar, crescer em número; propagar-se, multiplicar-se: Na Alemanha, hoje em dia, proliferam os técnicos. [Pres. ind.: prolifero, etc. Cf. prolífero.]

DICIONÁRIO "HOUAISS"
n verbo
intransitivo
1 ter filhos, gerar prole; reproduzir-se, prolificar
Exs.: As gerações mais jovens proliferam menos. / Os coelhos proliferam muito e rapidamente.

intransitivo
2 multiplicar-se rapidamente; propagar-se, espalhar-se
Ex.: Aqui os micróbios têm boas condições para p.

intransitivo
3 Derivação: sentido figurado.
aumentar, crescer em número
Exs.: Atualmente, proliferam os programadores. / Nas cidades grandes, proliferam as mazelas sociais.

DICIONÁRIO "CALDAS AULETE"
(pro.li.fe.rar)
v.
1. Ter prole ou geração; PROLIFICAR: "Os homens... encheram o mundo, proliferando como plantas daninhas..." (João Grave, Último fauno))

2. Crescer numericamente; ESPALHAR-SE; PROPAGAR-SE: As seitas religiosas proliferam no país. [ Antôn.: diminuir. ]

3. Ter filhos; REPRODUZIR-SE [Conjug. 1: prolifer ar. F.: De prolífero + -ar2. Sin. ger.: multiplicar-se. Hom./Par.: prolifero (fl.), prolífero (a.); prolifera (fl.), prolífera (fem. de prolífero).]

4

DICIONÁRIO “AURÉLIO”
boas-vindas
Substantivo feminino plural. 1. Expressão de contentamento ou felicitação pela chegada de alguém.

DICIONÁRIO “CALDAS AULETE”
BOAS-VINDAS (bo.as-vin.das)
sfpl.
Saudação cordial com que se recebe alguém que acaba de chegar: dar as boas-vindas aos visitantes/ aos alunos que voltam de férias/ ao bebê que nasceu.

DICIONÁRIO “HOUAISS”
BOAS-VINDAS
n substantivo feminino plural
expressão de acolhimento afetuoso e hospitaleiro (a alguém) e de satisfação pela sua chegada

Volp 5ª Edição 2009
boas-vindas s.f.pl.