Saltar para o conteúdo

Devemos tomar cautela com vocábulos que comportam duplo sentido: um sentido real (sem hífen) e um sentido figurado (com hífen).

Se queremos afirmar que o sangue está frio, usaremos “sangue frio”, sem hífen. No entanto, se pretendemos nos referir à calma, utilizaremos o termo “sangue-frio”, com hífen.

Da mesma forma, distinga-se “cachorro-quente” (sanduíche) de “cachorro quente” (= animal aquecido); entre outras expressões.

Você sabia que a palavra Ano-novo pode significar duas coisas: a primeira delas é que pode ser sinônima de “Réveillon”, ou seja, o primeiro dia do ano. Para esse caso, escreve-se com hífen “Ano-novo”. O segundo significado é novo ano, ou seja, o ano que será transcorrido após o Réveillon. Para esse caso, escreve-se sem hífen!

Portanto, podemos falar à vontade:

“Feliz Ano-Novo e próspero Ano Novo”.

O número de matrículas na creche e na pré-escola cresceu este ano na comparação com 2018, segundo dados do Censo Escolar divulgados, nessa segunda-feira (30), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O levantamento, que foi publicado no “Diário Oficial da União”, traz os dados referentes ao número de alunos matriculados em escolas públicas, abrangendo todas as etapas de ensino (da creche ao ensino médio). A divulgação das informações completas do Censo Escolar está prevista para o fim de janeiro.

O censo mostra um aumento de 4,24% no número de matrículas em creches (crianças de 0 a 3 anos), que passou de 2.333.277, em 2018, para 2.433.216, em 2019. Ao todo, foram abertas 98.939 vagas nessa etapa de ensino. Na pré-escola, houve aumento de 0,75% no número de matrículas na comparação entre 2018 e 2019. Foram abertas 29.636 vagas, passando de 3.915.699 para 3.945.335. A quase totalidade das matrículas no ensino infantil se concentra em instituições municipais.

Fundamental e médio

Em relação aos ensinos fundamental e médio, o Censo Escolar aponta uma queda no número de matrículas em escolas públicas, fenômeno que vem repetindo-se nos últimos anos. Segundo os dados divulgados nessa segunda-feira, foram matriculados 6.192.819 alunos no ensino médio em 2019, contra 6.462.124 no ano anterior, uma redução de 4,34%.

Apesar da redução, houve melhora nas escolas de tempo integral, que passou de 9,2% para 10,6% do total de matrículas na última etapa do ensino básico em instituições públicas. No ensino integral, os estudantes podem, com mais tempo na escola, ter acesso a atividades culturais, esportivas, além de conteúdos de comunicação, saúde, entre outros.

No ensino fundamental, que vai do 1º ao 9º ano, o número de alunos matriculados em 2019 caiu 1,62% em relação a 2018, passando de 21.760.831 de alunos para 21.413.391. Desse total, quase 11% foram para o ensino integral.

Ampliar a educação em tempo integral nas escolas é uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), lei que estabelece parâmetros para melhorar a qualidade da educação brasileira. Uma das metas do PNE é oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas, de forma a atender, pelo menos, 25% dos alunos da educação básica até 2024.

EJA

O Censo Escolar também trouxe dados sobre o número de alunos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA), modalidade presencial, que também diminuiu, passando de 2.878.165 de alunos em 2018 para 2.625.462 em 2019, uma redução de 9,6%.

(Fonte: Agência Brasil)

A primeira edição da Copa Arari de Futebol Master, competição patrocinada pelo governo do Estado e pelo El Camiño Supermercados por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, foi encerrada no último sábado (28) com uma partida emocionante. Em campo, as equipes do Nacional e do Mearim proporcionaram um grande jogo, decidido nos detalhes. No fim, melhor para o Nacional, que derrotou o adversário por 2 a 1 para soltar o grito de campeão.

O Estádio Municipal Santo Figueredo estava cheio para a final da Copa Arari de Futebol Master. Os dois times haviam chegado à decisão com campanhas parecidas, indicativo de que emoção não faltaria dentro de campo.

O Nacional chegou a abrir o placar, mas logo em seguida cedeu o empate. A igualdade persistiu até o fim do jogo, quando em um ataque veloz, o time do Nacional foi às redes e definiu o resultados: 2 a 1 no placar e título garantido.

Com uma campanha quase que perfeita, o Nacional mereceu a conquista. Após estrear com derrota, o time se recuperou no torneio e não perdeu mais. Na fase de grupos, goleou o Stutgart por 12 a 0 e o E.C. Arari por 5 a 1. Nas semifinais, o Nacional bateu o JM por 2 a 1 para assegurar um lugar na grande final.

 

Todos os detalhes sobre a primeira edição da Copa Arari de Futebol e Futsal estão disponíveis nas redes sociais oficiais do evento (@copaararima).

O nosso assunto deste domingo é concordância nominal. Apresentamos mais algumas dicas.

Dicas gramaticais

1ª) "Chamou A POLÍCIA ou AS POLÍCIAS Civil e Militar?"

Há duas opções: "AS POLÍCIAS Civil e Militar" ou "A POLÍCIA Civil e a Militar".

Quando o substantivo é qualificado por mais de um adjetivo, tratando-se de seres diferentes, o substantivo fica no PLURAL (ou no SINGULAR, se repetir o artigo):
“Completou OS CURSOS básico e intermediário”.
“Completou O CURSO básico e O intermediário”.
“Precisam aprender AS LÍNGUAS inglesa, espanhola e alemã”.
“Precisam aprender A LÍNGUA inglesa, A espanhola e A alemã.”
“Esta é a última semana para inscrição no concurso da Polícia Federal, para AS ÁREAS administrativa e operacional”.
“Esta é a última semana para inscrição no concurso da Polícia Federal, para A ÁREA administrativa e A operacional”.

2ª) "É a cerveja que desce REDONDO ou REDONDA?"

O certo é "a cerveja que desce REDONDO".

Os advérbios são invariáveis:
“A bola rola MACIO na Supercopa”.
“Milhares de brasileiros vivem ILEGAL nos Estados Unidos”. (Melhor: “ilegalmente”)

3ª) ANEXO ou EM ANEXO?

ANEXO é um adjetivo. Deve concordar.

EM ANEXO é invariável.

“O formulário segue ANEXO (ou EM ANEXO)”.
“ANEXOS (= ou EM ANEXO) seguem os formulários”.
“A nota e o troco vão ANEXOS”.
“Encontramos o registro ANEXO à certidão”.

4ª) BASTANTE ou BASTANTES?

a) Como advérbio de intensidade (= muito) é invariável:
“Eles trabalharam BASTANTE para chegar até aqui”.
“Eles ficaram BASTANTE cansados”. (É preferível:
“MUITO cansados”)

b) Como pronome indefinido (= antes de um substantivo), deverá concordar com o substantivo:
“Está com BASTANTES problemas para resolver”. (É melhor: “MUITOS problemas)

É bom evitar o uso de BASTANTE como pronome indefinido.

c) Como adjetivo (após um substantivo = suficiente), deve concordar com o substantivo:
“Ele já tem provas BASTANTES para incriminar o réu”. (É melhor: “provas SUFICIENTES”)
“As provas já são BASTANTES para incriminar o réu”. (É melhor: “As provas já são O BASTANTE para incriminar o réu”. / É preferível: “As provas já são SUFICIENTES para incriminar o réu.”)

Teste de ortografia

Que opção completa, corretamente, a frase abaixo?
"Embora estivesse sem __________, ele era __________ o presidente da empresa".
(a) palitó – simplismente;
(b) paletó – simplismente;
(c) palitó – simplesmente;
(d) paletó – simplesmente.

Resposta do teste: Letra (d). Primeiro, não confunda um palito com um paletó. E simplesmente se escreve com "e", porque deriva de simples.

Os aplicativos desenvolvidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) passaram a integrar a plataforma de unificação de serviços digitais do governo federal, o gov.br. Para estudantes que visam entrar em universidades públicas, o aplicativo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), importante para acompanhar o andamento do processo seletivo, estará disponível para usuários do portal.

Criada em abril de 2019, a plataforma funciona como um agregador de todos os “apps” desenvolvidos no âmbito da administração pública. Ministérios, secretarias, institutos e agências fiscalizadoras que possuem atendimento ao cidadão fazem parte do serviço. A ideia é digitalizar parte dos atendimentos que acontecem nesses órgãos, agilizar o atendimento e diminuir a burocracia e as filas de espera.

Outros cinco aplicativos do Inep também passam a integrar a lista. Avaliação “in loco”, Rede Nacional de Certificadores (RNC), Sistema Integrado de Gestão de Ativos de Segurança (Sigas), Banco Internacional de Pares Evaluadores (Bipe) e Censo Localiza estão disponíveis no portal.

De acordo com o texto do decreto que instituiu a criação do portal gov.br, todos os órgãos da administração pública que oferecem serviços terão até 31 de dezembro de 2020 para fazer a adaptação do atendimento para uma versão digital, que também integrará a lista de aplicativos disponíveis no portal.

(Fonte: Agência Brasil)

“Missão cumprida”. É dessa forma que a idealizadora e produtora-executiva do “Natal da Integração”, Cássia Melo, define a segunda edição desse projeto realizado pelo Grupo Oito e patrocinado pela Equatorial Maranhão e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Pelo segundo ano consecutivo, o “Natal da Integração” levou a energia do período natalino para dentro dos terminais de Integração de São Luís e transformou a rotina dos terminais da Cohama/Vinhais, Cohab/Cohatrac, São Cristóvão e Distrito Industrial. Apresentações de corais e de grupos instrumentais encantaram e emocionaram os milhares de usuários do transporte coletivo que passaram pelos terminais durante a realização do projeto.

“Mais uma vez, o ‘Natal da Integração’ cumpre a sua missão que foi levar harmonia, paz, tranquilidade e a atmosfera natalina para o público que está no dia a dia nos terminais de ônibus. São pessoas que, muitas vezes, não têm acesso à música, ao lazer e à arte. Foi uma pequena contribuição que agradeço a todos que apoiaram, à Equatorial Maranhão, à Fribal, ao governo do Estado, à Lei de Incentivo à Cultura e a todos os terminais que apoiaram essa linda ação”, explicou Cássia Melo.

A avaliação positiva da idealizadora do projeto é muito semelhante à dos usuários do transporte coletivo, que foram surpreendidos com o clima do Natal. “O projeto aqui tocou demais meu coração. Tenho certeza de que tocou de muitas outras pessoas. Foi incrível”, afirmou a dona de casa Denise Lindoso.

A dona de casa Maria Elisa fez questão de prestigiar as apresentações antes de seguir viagem. “É uma iniciativa muito boa. Estamos precisando de paz, de amor. É algo especial presenciar apresentações belíssimas”. A estudante Tina Sousa também agradeceu as músicas para acalmar os corações. “Traz uma calma, tranquilidade para os nossos corações. Desperta paz, algo que estamos precisando muito”, revelou.

Apresentações

Ao todo, foram 12 apresentações por dia, sendo três atrações em cada terminal simultaneamente. No repertório, músicas tradicionais natalinas, além de canções que trazem como tema a união, a paz e o amor, interpretadas pelo Coral da UFMA, Coral Ceuma, Coral Madrigal Santa Cecília, Coral Artecanto Emem, Grupo Cantinho do Choro, Grupo MaraBrass, Coral do Sesc Vozes da Sabedoria, Orquestra de Violões, Coral Apae, Alessandro Freitas Duo, Thiago Fernandes Duo e Neilan Violino Duo.

O “Natal da Integração” é uma realização do Grupo Oito e conta com o patrocínio da Equatorial Maranhão e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo à Cultura. O projeto tem, ainda, o apoio das empresas de ônibus Viação Primor, Via SL, Rede 6, Consórcio Central, Consórcio Upaon-Açu além da Fribal.

(Fonte: Assessoria de comunicação)

A temporada 2019 do futsal no Maranhão foi encerrada oficialmente, no último fim de semana, com a realização das finais das 10 categorias em disputa do Campeonato Maranhense de Futsal, competição promovida pela Federação de Futsal do Maranhão (Fefusma). Durante dois dias, o Ginásio Costa Rodrigues, em São Luís, recebeu as decisões do Sub-6, Sub-8, Sub-10, Sub-12, Sub-14, Sub-16, Sub-19, Adulto Feminino, Adulto Masculino e Especial. Os times filiados à Fefusma que se sagraram campeões neste ano representarão o Estado na Taça Brasil de 2020.

Para o presidente da Fefusma, Alex Ricarte, a edição deste ano do Campeonato Maranhense foi encerrada em grande estilo e com partidas emocionantes e bem disputadas. De acordo com o dirigente, o alto nível técnico das finais resumiu a competição de 2019, marcada por jogos de tirar o fôlego.

“Ficamos felizes em ver o futsal evoluindo e tendo, cada vez mais, equipes fortes e competitivas. Isso é fruto de um trabalho dos clubes e da federação, que tem trabalhado para melhorar as competições a cada ano. Tivemos um Campeonato Maranhense com um alto nível técnico desde o seu início, e isso foi posto à prova nas finais, onde tivemos boas disputas, decididas nos detalhes. Não faltou emoção. Só temos que parabenizar as equipes pelos belos espetáculos dentro de quadra e a todos os nossos apoiadores que foram fundamentais para a realização de mais um grande evento do futsal maranhense”, disse Ricarte.

Campeões 2019

Em 2019, algo inédito aconteceu no Campeonato Maranhense de Futsal: o torneio também foi disputado na categoria Especial e coube ao time do Eney Santana sagrar-se o primeiro campeão ao derrotar a Apae por 6 a 3. Já no Sub-6, o Ippon/Cruzeiro levou a melhor sobre o Aurora Futsal: 2 a 1.

No Sub-8, a garotada do Ippon/Cruzeiro bateu o Túnel por 4 a 0 e garantiu o título. Enquanto isso, no Sub-10 e no Sub-12, a Associação Palmeirinha ficou com o título. Na final do Sub-10, vitória por 3 a 0 sobre a Afasca e, na decisão do Sub-12, triunfo por 2 a 1 sobre o Balsas/Santos.

No Sub-14, o grito de campeão ficou com a Afasca que superou o Balsas/Santos por 2 a 1. Enquanto isso, na final do Sub-16, o campeão foi conhecido somente nos pênaltis. Após empatarem no tempo normal e na prorrogação por 3 a 3, Dinâmico e Associação 2 de Julho precisaram das penalidades para definir o time vitorioso. Melhor para o Dinâmico que fez 2 a 0 nas cobranças e ficou com o troféu.

Na decisão do Sub-19, o Atlef não deu chances ao SBR Futsal. Com uma atuação impecável, o Atlef goleou o rival por 5 a 1 para conquistar o título.

Em outra partida bastante emocionante, o CT Sports derrotou o CAD/Athenas por 3 a 2 na prorrogação e sagrou-se campeão do Adulto Feminino. Já na final do Adulto Masculino, o Balsas/Santos se impôs diante do Aesfa, goleou o rival por 4 a 1 e soltou o grito de campeão.

Nas redes sociais oficiais da Fefusma (@fefusma) estão disponíveis todas as informações do Campeonato Maranhense de Futsal 2019. Esta edição do Estadual de Futsal tem o apoio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), Murano, João Paulo, AP Assessoria de Imprensa, Crossnutri, Autoescola Santana, UP Nutrition/Suplementos, Arauto Solar, Poderosos Cosméticos e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (Apae-MA).

RESULTADOS DAS FINAIS

Apae 3 x 6 Eney Santana (Especial)
Aurora Futsal 1 x 2 Ippon/Cruzeiro (Sub-6)
Ippon/Cruzeiro 4 x 0 Túnel (Sub-8)
Associação Palmeirinha 3 x 0 Afasca (Sub-10)
Associação Palmeirinha 2 a 1 Balsas/Santos (Sub-12)
Balsas/Santos 1 x 2 Afasca (Sub-14)
Dinâmico 3 (2) x (0) 3 Associação 2 de Julho (Sub-16)
SBR Futsal 1 x 5 Atlef (Sub-19)
CAD/Athenas 2 x 3 CT Sports (Adulto Feminino)
Balsas/Santos 4 x 1 Aesfa (Adulto Masculino)

(Fonte: Assessoria de comunicação)

Neste sábado (28), será conhecido o campeão da primeira edição da Copa Arari de Futebol Master, competição patrocinada pelo governo do Estado e pelo El Camiño Supermercados por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. A partir das 16h, a bola rola no Estádio Municipal Santo Figueredo para o duelo entre as equipes do Nacional e do Mearim. A entrada é gratuita.

Os dois times chegam à decisão com campanhas parecidas. Após estrear com derrota no torneio, o Nacional se recuperou e venceu as outras duas partidas da fase de classificação: 12 a 0 sobre o Stutgart e 5 a 1 sobre o E.C. Arari. Nas semifinais, o Nacional bateu o JM por 2 a 1 para assegurar um lugar na grande final.

NACIONAL

Já o Mearim, classificou-se para os mata-matas com um desempenho mais irregular. Na fase de grupos, perdeu para o JM, empatou por 1 a 1 com o Mata e venceu o Malvinas por 4 a 2. Com 4 pontos ganhos, o Mearim avançou na competição com a segunda melhor campanha do Grupo A. Nas semifinais, vitória suada sobre o Operário: 3 a 2.

MEARIM

A expectativa é que Nacional e Mearim façam uma final equilibrada. Se a partida terminar empatada no tempo normal, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Todos os detalhes sobre a primeira edição da Copa Arari de Futebol e Futsal estão disponíveis nas redes sociais oficiais do evento (@copaararima).

(Fonte: Assessoria de comunicação)

As inscrições para o primeiro semestre de 2020 do processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) começam no dia 5 de fevereiro e vão até as 23 horas e 59 minutos do dia 12 de fevereiro.

A informação foi publicada no “Diário Oficial da União”, na última terça-feira, 24 de dezembro. Os interessados devem acessar o portal do programa.

O programa tem o objetivo de conceder financiamento a estudantes em cursos superiores pagos. O Novo Fies tem como pilares a ampliação do acesso ao ensino superior, a maior transparência para os estudantes e para a sociedade, e a melhoria na governança e na sustentabilidade do Fundo.

O programa é dividido em duas modalidades, diferenciadas por renda e pelo agente financiador. Na primeira, o fundo oferta vagas com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda “per capita” mensal familiar de até três salários mínimos. Já a segunda, chamada P-Fies, é direcionada a estudantes com renda “per capita” mensal familiar de até cinco salários mínimos. Nesse caso, os recursos são de bancos privados ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Veja, abaixo, o cronograma completo:

Inscrições: 5 de fevereiro até as 23 horas e 59 minutos do dia 12 de fevereiro.

Divulgação dos resultados: 26 de fevereiro.

Complementação da Inscrição no Fiesseleção pelos candidatos pré-selecionados na modalidade Fies: 27 de fevereiro até as 23 horas e 59 minutos do dia 2 de março.

Pré-seleção em lista de espera: 28 de fevereiro até as 23 horas e 59 minutos do dia 31 de março.

(Fonte: Agência Brasil)

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) no primeiro semestre de 2020 já têm data marcada. Estudantes de todo o país poderão começar a se inscrever no dia 28 de janeiro. O prazo vai até as 23h59 de 31 de janeiro.

As informações sobre o calendário do programa foram publicadas no “Diário Oficial da União”, nessa segunda-feira (23), em edital do Mistério da Educação. Os interessados podem se inscrever no portal do ProUni.

O ProUni oferta bolsas de estudo integrais (100%) ou de 50% a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. O programa tem dois critérios de avaliação: desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e renda.

Direcionado aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, a iniciativa tem sistema informatizado e impessoal para garantir transparência e segurança no processo.

Confira o cronograma

- 28 de janeiro a 31 de janeiro – inscrições
- 4 de fevereiro – divulgação de resultados da primeira chamada
- 4 a 11 de fevereiro – comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada)
- 4 a 14 de fevereiro – registro no Sisprouni e emissão dos termos pelas instituições (primeira chamada)
- 18 de fevereiro – divulgação dos resultados da segunda chamada
- 18 a 28 de fevereiro – comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (segunda chamada)
- 18 de fevereiro a 3 de março – registro no Sisprouni e emissão dos termos pelas instituições (segunda chamada)

(Fonte: Agência Brasil)