Saltar para o conteúdo

O túmulo de um sacerdote que remonta a mais de 4.400 anos foi descoberto em Saqqara, perto do Cairo, por uma missão arqueológica egípcia, anunciaram, neste sábado (15), as autoridades do Egito.

O túmulo do sacerdote chamado "Wahtye" data da 5ª dinastia (entre 2.500 e 2.300 a.C), durante o reinado de Neferirkare, de acordo com o Ministério das Antiguidades.

A tumba está "excepcionalmente bem preservada, colorida com esculturas no interior. Ela pertence a um sacerdote de alta patente", explicou o ministro das Antiguidades, Khaled el Enany, a uma multidão de convidados.

O túmulo contém "cenas mostrando o dono da tumba com sua mãe, sua esposa e sua família, bem como vários nichos com grandes estátuas coloridas do falecido e sua família”, disse o ministério em um comunicado.

Os nichos são 18 e as estátuas 24, de acordo com a mesma fonte, que especifica ainda que a parte inferior da tumba contém 26 nichos menores.

Os nichos são 18 e as estátuas 24, de acordo com a mesma fonte, que especifica ainda que a parte inferior da tumba contém 26 nichos menores.

Em novembro, no mesmo sítio arqueológico em Saqqara, as autoridades egípcias revelaram a descoberta de sete túmulos, incluindo quatro que datam de mais de 6.000 anos, pela mesma missão arqueológica egípcia.

Os arqueólogos descobriram besouros e gatos mumificados.

O sítio de Saqqara, ao sul do Cairo, é uma vasta necrópole que abriga, em particular, a famosa pirâmide de degraus do faraó Djoser, a primeira da era faraônica.

Este monumento, construído em torno de 2.700 a.C pelo arquiteto Imhotep, é considerado um dos monumentos mais antigos da superfície do globo.

(Fonte: Portal Globo.com)

Neste domingo (16), a Nina – Escola de Campeões realiza a edição de 2018 da tradicional Travessia Felipe Camarão. A competição reunirá dezenas de nadadores que irão disputar provas de 200m, 500m e 3.000m. A largada está prevista para ocorrer às 13h30, sendo que a concentração será no Iate Clube de São Luís.

A organização da Travessia Felipe Camarão disponibilizará total segurança aos atletas. Durante a prova, serão utilizados 15 caiaques Pro Adventure, quatro catamarãs, quatro jets ski, uma lancha rápida do Iate Clube e um bote inflável. Além destes equipamentos, o Corpo de Bombeiros supervisionará a prova com a presença, inclusive, de uma ambulância no local.

Após a conclusão da prova, ocorrerá a premiação dos vencedores nas dependências do Iate Clube, assim como a festa da vitória, que será comandada pelo samba de Vivaldo Santos.

Outras informações sobre a Travessia Felipe Camarão podem ser obtidas pelo telefone (98) 98113-7973.

(Fonte: Assessoria de comunicação)

O campeão da sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach-Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, será conhecido neste sábado (15). As seleções de Tutoia e Paulino Neves decidirão o título da seletiva na noite de hoje, na Arena Manuel Zuzu, montada na Praia da Barra, na cidade de Tutoia. A bola rola a partir das 19h.

Maior campeã estadual com cinco títulos, Tutoia sofreu muito para confirmar o favoritismo e chegar à final desta sexta etapa. Na semifinal, os tutoienses superaram Santana do Maranhão somente nos pênaltis (3 a 1), após empate por 3 a 3 no tempo normal.

O adversário de Tutoia na grande decisão será Paulino Neves, que também precisou das penalidades para derrotar Água Doce, depois do empate por 3 a 3 no tempo normal. Nos pênaltis, os paulinoenses venceram por 2 a 0.

Com as classificações para a final, tanto Tutoia quanto Paulino Neves estão garantidas na fase final do Campeonato Maranhense, que ocorrerá em janeiro de 2019, em São Luís. Outras 10 seleções também já estão classificadas: São Luís, Paço do Lumiar, Pinheiro, Santa Helena, Parnarama, Matões, Trizidela do Vale, Lima Campos, Barreirinhas e Santo Amaro.

No “site” da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual.

Beach-Soccer feminino

Neste sábado (15), será realizada, também, a final do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer Feminino. Assim como no torneio masculino, a final da competição feminina será entre as seleções de Tutoia e Paulino Neves.

Nas semifinais, as meninas de Tutoia não tiveram dificuldades para manter os 100% de aproveitamento na competição. A vitória tranquila por 13 a 4 sobre Santana do Maranhão foi mais do que suficiente para as tutoienses chegarem à decisão.

Se por um lado Tutoia teve muita facilidade, Paulino Neves precisou suar muito para derrotar Santo Amaro por 6 a 5.

TABELA E RESULTADOS
TERÇA-FEIRA (11/12)
Paulino Neves 10 x 3 Caxias (feminino)
Água Doce 3 x 2 Araioses (masculino)
Santana do Maranhão 5 x 6 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 6 x 2 Barreirinhas (feminino)
Tutoia 4 x 2 Santana do Maranhão (masculino)

QUARTA-FEIRA (12/12)
Paulino Neves 5 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 5 x 3 Araioses (masculino)
Brejo 5 (1 pen.) x 5 (3 pen.) Santana do Maranhão (feminino)
Tutoia 8 x 0 Caxias (feminino)
Brejo 3 x 5 Santana do Maranhão (masculino)

QUINTA-FEIRA (13/12)
Caxias 0 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 4 (1 pen.) x 4 (3 pen.) Água Doce (masculino)
Brejo 4 x 7 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 4 x 2 Paulino Neves (feminino)
Tutoia 7 x 4 Brejo (masculino)

SEXTA-FEIRA (14/12)
Paulino Neves 6 x 5 Santo Amaro (feminino / semifinal 1)
Água Doce 3 (0 pen.) x 3 (2 pen.) Paulino Neves (masculino / semifinal 1)
Tutoia 13 x 4 Santana do Maranhão (feminino / semifinal 2)
Tutoia 3 (3 pen.) x 3 (1 pen.) Santana do Maranhão (masculino / semifinal 2)

SÁBADO (15/12)
19h – Tutoia x Paulino Neves (final feminina)
A seguir – Tutoia x Paulino Neves (final masculina)

(Fonte: Assessoria de comunicação)

A sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach-Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, chega à sua reta final. Apenas quatro seleções continuam com chances de conquistar o título e as duas vagas para a fase final do torneio. São elas: Tutoia, Água Doce, Paulino Neves e Santana do Maranhão.

Na noite desta sexta-feira (14), a Arena Manuel Zuzu, montada na Praia da Barra, na cidade de Tutoia, será palco das semifinais masculinas a partir das 19h. Os confrontos desta fase serão os seguintes: Água Doce x Paulino Neves e Tutoia x Santana do Maranhão.

Por terem tido as melhores campanhas na fase de grupos, as seleções de Água Doce e Tutoia têm o favoritismo nestas semifinais. Vale lembrar que as equipes que se classificarem para a final da seletiva, já estarão garantidas na fase final do Campeonato Maranhense, que ocorrerá em janeiro de 2019.

Após a realização de cinco etapas, dez seleções já estão classificadas para a fase final do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer: São Luís, Paço do Lumiar, Pinheiro, Santa Helena, Parnarama, Matões, Trizidela do Vale, Lima Campos, Barreirinhas e Santo Amaro.

No “site” da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que os jogos estão sendo transmitidos, ao vivo, pela “internet”

Beach-Soccer feminino

O Campeonato Maranhense de Beach-Soccer Feminino também entra em sua reta decisiva. Nesta sexta-feira (14), ocorrerão as semifinais do torneio, que está sendo sediado na cidade de Tutoia. Favoritas à conquista do título, a seleção da casa se garantiu nas semifinais com 100% de aproveitamento ao vencer Paulino Neves por 4 a 2 na última rodada.

As tutoienses vão, agora, encarar Santana do Maranhão por um lugar na grande decisão. Na outra semifinal, Paulino Neves e Santo Amaro vão estar frente a frente. As seleções vencedoras desses confrontos fazem a final do Estadual neste sábado (15).

TABELA E RESULTADOS
TERÇA-FEIRA (11/12)
Paulino Neves 10 x 3 Caxias (feminino)
Água Doce 3 x 2 Araioses (masculino)
Santana do Maranhão 5 x 6 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 6 x 2 Barreirinhas (feminino)
Tutoia 4 x 2 Santana do Maranhão (masculino)

QUARTA-FEIRA (12/12)
Paulino Neves 5 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 5 x 3 Araioses (masculino)
Brejo 5 (1 pen.) x 5 (3 pen.) Santana do Maranhão (feminino)
Tutoia 8 x 0 Caxias (feminino)
Brejo 3 x 5 Santana do Maranhão (masculino)

QUINTA-FEIRA (13/12)
Caxias 0 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 4 (1 pen.) x 4 (3 pen.) Água Doce (masculino)
Brejo 4 x 7 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 4 x 2 Paulino Neves (feminino)
Tutoia 7 x 4 Brejo (masculino)

SEXTA-FEIRA (14/12)
19h – Paulino Neves x Santo Amaro (feminino / semifinal 1)
A seguir – Água Doce x Paulino Neves (masculino / semifinal 1)
A seguir – Tutoia x Santana do Maranhão (feminino / semifinal 2)
A seguir – Tutoia x Santana do Maranhão (masculino / semifinal 2)

(Fonte: Assessoria de comunicação)

A formação de professores deverá ser mais voltada para a prática e orientada por competências, conforme propostas incluídas na Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica, apresentada, nesta quinta-feira (13), pelo Ministério da Educação (MEC). A base deverá orientar a formação de professores em licenciaturas e cursos de pedagogia em todas as faculdades, universidades e instituições públicas e particulares de ensino do país.

O documento inclui, ainda, propostas para ingresso na carreira docente; o estágio probatório; a formação continuada e a progressão ao longo da carreira.

De acordo com a base, desde o primeiro semestre, os futuros professores deverão ter atividades práticas em uma escola pelo menos uma vez por semana. Cada faculdade ou instituição de ensino deverá ser associada a uma ou mais escolas de educação básica.

O modelo é inspirado na residência médica e na de outros profissionais da saúde. A residência pedagógica inclui supervisão por um professor do curso superior de formação e apoio permanente de profissionais experientes da escola ou do ambiente de aprendizagem no qual se realiza a residência.

Além de atividades práticas, os residentes terão que observar, analisar e propor intervenções na escola. A residência deverá, ainda, ser regulamentada por normas próprias.

Competências

A base sugere também que o aprendizado dos professores seja orientado por competências. Segundo o MEC, uma competência é um conjunto de domínios. “Não basta que o professor tenha o saber conceitual ou a capacidade transmissiva, ele precisa desenvolver o domínio relacional, a habilidade de conviver na diversidade das situações de sala de aula e estar comprometido com o seu fazer profissional”, diz o texto.

Os futuros professores deverão ser formados com base em 10 competências gerais, entre as quais, “compreender e utilizar conhecimento historicamente construídos para poder ensinar a realidade com engajamento na aprendizagem do aluno e na sua própria aprendizagem, colaborando para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva” e “pesquisar, investigar, refletir, realizar análise crítica, usar a criatividade e soluções tecnológicas para selecionar, organizar com clareza e planejar práticas pedagógicas desafiadoras, coerentes e significativas”.

Além das competências gerais, o documento menciona quatro competências específicas para serem desenvolvidas em cada uma das seguintes dimensões: conhecimento profissional, prática profissional e engajamento profissional.

Estágio probatório

Pela Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica, depois de entrar nas escolas, os professores novatos deverão ser acompanhados pelos mais experientes, que terão papel de mentores, orientando e auxiliando os novatos.

Para sair do estágio probatório, o professor terá que demonstrar domínio de determinadas habilidades e de competências previstas na base. Ele deverá apresentar um portfólio e ser avaliado pelo mentor e pela equipe gestora da escola.

Outra proposta é que os professores continuem aprendendo mesmo após deixar a faculdade. Essa formação ocorrerá em três planos: nas redes escolares, onde os gestores deverão organizar cursos e planejar atividades de formação; no âmbito externo, com a participação em eventos educacionais, em cursos e em pós-graduações; e dentro das próprias escolas, que deverão organizar ações formativas com os professores.

Plano de carreira

A sugestão do MEC é que os professores progridam na carreira de acordo com o desenvolvimento de determinadas competências e habilidades. Haverá quatro níveis de proficiência: inicial, para o formado na graduação; probatório, para os novatos; altamente eficiente, para quem está em nível avançado na carreira e deverá demonstrar habilidades complexas; e o líder, que estará no nível mais alto e terá responsabilidades e compromissos mais amplos.

De acordo com o ministério, a proposta para plano de carreira e formação continuada deverá ser discutida com as entidades representativas dos Estados e municípios. Em um país de dimensões continentais, “é estruturante ter uma coordenação nacional para estabelecer calibradores de qualidade e acompanhamento das ações nos diferentes níveis de governo”, acrescenta o MEC. A intenção é oferecer instrumento de gestão “que vai além de cargos e salários”.

Mudanças no Enade

A base traz sugestões de modificação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) para que seja anual e sirva como habilitação à docência. O Enade avalia os estudantes de graduação ao término da formação. Atualmente, o exame é aplicado para grupos diferentes de cursos a cada ano, e um mesmo curso é avaliado a cada três anos. A proposta é que todos aqueles que estejam concluindo licenciaturas façam, obrigatoriamente, o exame.

Segundo a base, os estudantes de licenciatura poderiam fazer o exame ainda durante a graduação ou depois dela e, caso aprovados, poderiam se habilitar para serem professores. Pela proposta do MEC, o exame poderia servir ainda como parte do ingresso em concursos públicos. A pasta pondera que a proposta ainda precisa de discussão e regulamentação.

O documento sugere ainda que seja criado um instituto nacional de acreditação e formação de profissionais da educação que concentre todas as ações, hoje em vários setores do MEC, como acreditação de cursos de formação inicial, formulação de políticas de formação, avaliação e monitoramento.

Próximos passos

A Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação (CNE) e passará por discussão antes de ser aprovada. Depois, terá que ser homologada pelo MEC para que passe a ter vigência. A partir do documento, as instituições de ensino terão que elaborar os próprios currículos e formar os professores que serão responsáveis por formar os futuros docentes.

Histórico

A Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica faz parte de várias mudanças que deverão ocorrer desde o ensino infantil até o ensino médio do Brasil. No fim do ano passado, o MEC homologou a Base Nacional Comum Curricular do ensino infantil e fundamental. O documento estabelece o mínimo que deve ser ensinado em todas as escolas do país, públicas e particulares.

No início deste mês, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou a Base Nacional Comum Curricular do ensino médio, que deve ser homologada, nos próximos dias, pelo MEC.

De acordo com o MEC, a base para a formação dos professores pretende adequar o que é ensinado nas universidades ao que os novos docentes deverão aplicar nas salas de aula. A nova base deverá conversar com resolução aprovada também pelo CNE e homologada pelo MEC em 2015. Entre outras coisas, a resolução estabelece que a formação dos professores será mais longa e mais voltada à prática em sala de aula.

(Fonte: Agência Brasil)

Os últimos dois semifinalistas da sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach-Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, serão conhecidos hoje (13) à noite. Após duas rodadas realizadas na Arena Manuel Zuzu, montada na Praia da Barra, na cidade de Tutoia, somente as seleções de Água Doce e Paulino Neves estão garantidas nas semifinais da seletiva.

A segunda jornada da etapa de Tutoia, ocorrida na noite dessa quarta-feira (12), foi importante para definir os classificados no Grupo B do torneio masculino. Com a vitória por 5 a 3 sobre Araioses, Paulino Neves chegou aos 3 pontos, garantiu-se nas semifinais e eliminou o rival da competição.

Nesta quinta-feira, Paulino Neves e Água Doce – que também soma 3 pontos – se enfrentam para definir quem terminará a fase de grupos na liderança da chave.

Enquanto no Grupo B os classificados já estão definidos, no Grupo A a situação é bem diferente. Após ser derrotada por Tutoia na estreia (4 a 2), a Seleção de Santana do Maranhão se recuperou na segunda rodada ao derrotar Brejo por 5 a 3. O resultado embolou a chave, uma vez que todas as equipes seguem com chances de avançar às semifinais desta sexta etapa.

No “site” da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que os jogos estão sendo transmitidos, ao vivo, pela “internet”.

Beach-Soccer feminino

A cidade de Tutoia também está sediando o Campeonato Maranhense de Beach-Soccer Feminino. Nessa quarta-feira, três partidas movimentaram as disputas. Os destaques da jornada ficaram por conta das goleadas de Tutoia e Paulino Neves. As duas seleções já estão nas semifinais com uma rodada de antecedência.

As donas da casa não tiveram dificuldades para fazer 8 a 0 sobre Caxias. Já Paulino Neves fez 5 a 1 em Barreirinhas. As duas equipes lideram o Grupo A com 6 pontos ganhos e, nesta quinta-feira (13), duelam para decidir quem ficará com a melhor campanha da chave.

No outro jogo da segunda rodada, Santana do Maranhão derrotou Brejo por 3 a 1 nos pênaltis após empate por 5 a 5 no tempo normal. O resultado mantém as santanenses com esperanças de continuar na competição. Para isso, terão de torcer para o já classificado Santo Amaro derrotar Brejo nesta quinta-feira.

TABELA E RESULTADOS
TERÇA-FEIRA (11/12)
Paulino Neves 10 x 3 Caxias (feminino)
Água Doce 3 x 2 Araioses (masculino)
Santana do Maranhão 5 x 6 Santo Amaro (feminino)
Tutoia 6 x 2 Barreirinhas (feminino)
Tutoia 4 x 2 Santa do Maranhão (masculino)

QUARTA-FEIRA (12/12)
Paulino Neves 5 x 1 Barreirinhas (feminino)
Paulino Neves 5 x 3 Araioses (masculino)
Brejo 5 (1 pen.) x 5 (3 pen.) Santana do Maranhão (feminino)
Tutoia 8 x 0 Caxias (feminino)
Brejo 3 x 5 Santana do Maranhão (masculino)

QUINTA-FEIRA (13/12)
19h15 – Caxias x Barreirinhas (feminino)
A seguir – Paulino Neves x Água Doce (masculino)
A seguir – Brejo x Santo Amaro (feminino)
A seguir – Tutoia x Paulino Neves (feminino)
A seguir – Tutoia x Brejo (masculino)

(Fonte: Assessoria de comunicação)

Certamente, você já deve ter ouvido em algum momento da sua vida sobre a “magia” do Natal, principalmente quando essa data se aproxima. Pode ter sido em casa, ou na fila do banco, ou até mesmo dentro de um ônibus. O período natalino é um tempo de paz, de amor e de esperança, mas que, vez por outra, proporciona surpresas nos lugares menos esperados. E, como um dos objetivos dos significados do Natal é o de integrar as pessoas, independentemente da idade, que tal apostar na fuga do lugar comum? É com essa finalidade que, pela primeira vez, São Luís terá o “Natal da Integração”.

O “Natal da Integração” é um projeto cultural que surgiu como uma proposta inovadora para a capital maranhense em uma época do ano tão especial como o período natalino. Durante três dias deste mês (18, 19 e 20 de dezembro), o projeto realizará apresentações culturais natalinas, com músicos instrumentais, cantores líricos e populares, além de corais maranhenses nos cinco terminais de Integração intermunicipais de ônibus.

As apresentações serão simultâneas das 16h às 19h e, certamente, vão transformar a rotina dos quase 800 mil usuários do transporte coletivo da capital que, diariamente, passam pelos terminais de Integração.

“O nosso intuito com o projeto é fazer deste período natalino um momento mágico para todos. Pensamos nas dificuldades comuns dos maranhenses no dia a dia, em sair da rotina para visitar os eventos tradicionais de Natal. Dessa forma, nada melhor que o espírito natalino chegar mais próximo dos 800 mil usuários diários de ônibus intermunicipais. Inclusive, o nome ‘Natal da Integração’ tem esse objetivo: integrar o público ao Natal”, explicou Cássia Melo, do Grupo Oito, idealizadora e produtora-executiva do projeto.

Para o executivo de Comunicação e Marketing da Cemar, Luiz Carlos Cardoso, projetos como esse reforçam o empenho da Companhia em ser uma empresa que trabalha para ser muito melhor para os seus clientes. “Por meio do ‘Natal da Integração’, levaremos música de qualidade que vai oportunizar às pessoas viverem a magia do Natal enquanto esperam pelo ônibus. Afinal, é muito mais agradável esperar com música”, conclui Luiz Carlos.

Apresentações

Serão 15 apresentações por dia, sendo três atrações em cada terminal simultaneamente. No repertório, músicas tradicionais natalinas, além de canções que trazem como tema a união, a paz e o amor, interpretadas pelos artistas: Adriana Bosaipo e Renato Serra; Elton Nascimento Saxofonista; Elayne Pereira; Ronhi Grato; Jhoie Araújo; Vanessa Furtado; Edilson Gusmão; Rose Nogueira; Coral Shalom; Coral Vozes do MP da PGJ-MA; Marabrass; Trio 1,2,3; Alessandro Freitas; Thiago Fernandes, Coral UFMA e Marco Duailibi.

O projeto oportuniza, ainda, a produção cultural maranhense em diferentes áreas musicais e conta com a direção musical do maestro Rui Mário. O Ballet de Olinda Saul fará participações especiais com os bailarinos Mirelle Frazão e Hygor Lima durante as apresentações da cantora Elayne Pereira.

O projeto conta com o patrocínio da Cemar e do governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo à Cultura, além do apoio das empresas de ônibus, Consórcio Central, Consórcio Upaon-Açu, Viação Primor e Via SL.

Redes sociais

Já estão no ar as redes sociais do “Natal da Integração” (@nataldaintegracao). Siga o projeto no Instagram e no Facebook, fique por dentro do que vai ocorrer nos dias 18, 19 e 20 de dezembro, nos terminais de Integração e se prepare para conhecer um pouco mais da “magia” do Natal.

(Fonte: Assessoria de comunicação)

Seleção de Água Doce

A sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach-Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, começou em grande estilo na noite dessa terça-feira (11). Melhor para as seleções de Tutoia e Água Doce, que iniciaram muito bem a disputa da seletiva.

A Arena Manoel Zuzu, montada na Praia da Barra, na cidade de Tutoia, recebeu um grande público que prestigiou a rodada de abertura do torneio. E a torcida da casa saiu feliz com a vitória da Seleção de Tutoia sobre Santana do Maranhão por 4 a 2.

Em busca do hexacampeonato, os tutoienses encontraram algumas dificuldades na estreia, mas conseguiram superar os santanenses liderados pelos craques Datinha e Eudim. Com o resultado positivo, Tutoia lidera o Grupo A com 3 pontos e está perto de avançar às semifinais.

No outro jogo da noite, Água Doce superou Araioses por 3 a 2 e deu um importante passo rumo às semifinais da sexta etapa. A vitória apertada deixou Água Doce na ponta do Grupo B.

Nesta quarta-feira (12), será realizada a segunda rodada da etapa de Tutoia do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer. Os duelos serão os seguintes: Paulino Neves x Araioses e Brejo x Santana.

Beach-Soccer feminino

Na noite dessa terça-feira, a Federação Maranhense de Beach-Soccer também deu início às disputas do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer Feminino, que também está sendo realizada em Tutoia. Três jogos abriram a competição: Paulino Neves 10 x 3 Caxias, Santana 5 x 6 Santo Amaro e Tutoia 6 x 2 Barreirinhas.

O Estadual Feminino conta com a participação de sete seleções, que foram distribuídas em dois grupos. Na primeira fase, as equipes se enfrentam dentro de suas respectivas chaves. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam para as semifinais.

No “site” da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que os jogos estão sendo transmitidos, ao vivo, pela “internet”.

(Fonte: Assessoria de comunicação)

Os 200 anos da Independência do Brasil, dia 7 de setembro de 2022, começaram a ser comemorados com a abertura de uma exposição na Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro, que foi aberta hoje (11). O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e a presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Helena Severo, participaram da abertura da mostra, que traz mais de 200 peças, incluindo fotos, gravuras, projeções e documentos históricos.

O ministro da Cultura disse que é importante o país começar, desde já, a discutir o significado da Independência por meio de uma extensa programação cultural que ocorre pelos próximos anos e envolva a sociedade.

“Uma data da importância da Independência precisa ser celebrada ao longo de um período grande, suficiente para que muitos eventos aconteçam, exposições, seminários, filmes, lançamentos de livros, para que a gente aumente a bibliografia. A ideia é exatamente que a gente possa dar início a esse processo e que seja o mais rico possível”, disse Sá Leitão.

Futuro do ministério

Segundo o ministro, o mais importante não é a existência independente do Ministério da Cultura, que no governo de Jair Bolsonaro deverá estar incluído no Ministério da Cidadania, chefiado por Osmar Terra, e que englobará também os ministérios do Desenvolvimento Social e Esporte.

“Acho normal o novo governo ter suas ideias e visões. O que eu tenho procurado fazer é compartilhar todas as informações a respeito do ministério, sua estrutura, os programas, as ações. E tenho procurado fazer uma defesa da instituição, da área e do acervo de programas e ações que realizamos, com intuito de fazer com que o novo governo enxergue a relevância estratégica da cultura. Eu acho que não é questão de ter ou não um ministério exclusivo, é uma questão de ter ou não uma política pública de cultura à altura da importância social e econômica do setor cultural”, disse Sá Leitão.

Segundo Sá Leitão, o importante é a relevância que se dará no próximo governo à política cultural. “Nós temos, no mundo, muitos exemplos de países que não têm ministérios da Cultura exclusivos e são referências em termos de política cultural. O que importa é justamente a importância, a relevância, que o governo dá à política cultural. Acho que nós estamos falando de um país, Brasil, que é riquíssimo nessa área e tem muitos ativos. Não ter uma política cultural à altura é um desperdício gigantesco e eu espero que isso não aconteça”, disse.

Avaliação

Sá Leitão avaliou que cumpriu sua missão à frente do Ministério da Cultura, destacou alguns projetos que ainda serão entregues até o fim do ano e defendeu a Lei Rouanet.

“Eu tenho a sensação do dever cumprido. Tudo o que foi planejado está sendo executado. Algumas entregas ainda serão feitas até o final do ano, algumas obras do patrimônio histórico, alguns centros culturais, alguns estudos de impacto econômico. Eu sou um entusiasta e um defensor da Lei Rouanet. Este estudo de impacto econômico, feito pela FGV, vai justamente demonstrar isso. O quanto a Lei Rouanet contribui para o desenvolvimento do Brasil, na forma de geração de emprego e renda. E como é um incentivo que tem uma ‘performance’ melhor para o país do que outros incentivos. A indústria automobilística tem um incentivo fiscal 4,5 vezes maior e gera cinco vezes menos emprego do que a área da cultura”, disse o ministro, que falou com a Agência Brasil com exclusividade enquanto percorria a exposição.

Biblioteca Nacional

A presidente da FBN, Helena Severo, antecipou que os próximos desafios para a instituição são a reforma completa do seu sistema elétrico, que ela considera totalmente precário, e o prosseguimento da digitalização de seu acervo, possibilitando que ele seja acessado de qualquer parte do mundo pela “internet”. A exposição 1808–1818: A Construção do Reino do Brasil é gratuita e pode ser vista na Biblioteca Nacional, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 16h30.

(Fonte: Agência Brasil)

A partir desta terça-feira (11), Tutoia sediará a sexta etapa do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer, competição promovida pela Federação Maranhense de Beach-Soccer (FMBS) com o patrocínio do governo do Estado e da Cerveja Glacial por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. A cidade, que é considerada um verdadeiro celeiro de talentos da modalidade, será palco de mais uma importante seletiva estadual. As disputas em Tutoia vão até sábado (15), data da grande final, e vão ocorrer na Arena Manoel Zuzu, na Praia da Barra.

Nesta sexta etapa do Campeonato Maranhense, seis seleções estarão na disputa pelas duas vagas para a fase final. Maior campeã estadual com cinco títulos, Tutoia entra na competição como favorita, principalmente, porque estará reforçada de seus principais jogadores. Além dos craques da Seleção Brasileira – Datinha e Eudim –, os tutoienses contarão com Paulinho e Edinho, atletas que formam a base do Sampaio Corrêa, e do goleiro Bobô, campeão da Copa Libertadores pelo Vitória (BA).

Quem também chega reforçada para a disputa desta etapa é a equipe de Araioses, que terá Jefinho no gol. O arqueiro foi destaque do Sampaio Corrêa durante a Copa do Brasil, onde foi eleito o melhor goleiro do torneio.

Além de Tutoia e Araioses, as outras seleções que competem pelas vagas à fase final do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer 2018 são: Paulino Neves, Água Doce, Santana do Maranhão e Brejo.

A abertura oficial da etapa de Tutoia do Campeonato Maranhense ocorrerá às 18h, desta terça-feira. Logo em seguida, serão realizados os jogos da primeira rodada.

No “site” da FMBS (www.beachsoccerma.com.br) e em suas redes sociais oficiais (@beachsoccerma), estão disponíveis todas as informações da competição estadual. Vale lembrar que a etapa de Tutoia será transmitida, ao vivo, pela “internet”.

Equipes classificadas

Após a realização de cinco etapas, dez seleções já estão classificadas para a fase final do Campeonato Maranhense de Beach-Soccer: São Luís, Paço do Lumiar, Pinheiro, Santa Helena, Parnarama, Matões, Trizidela do Vale, Lima Campos, Barreirinhas e Santo Amaro.

A Federação Maranhense de Beach-Soccer confirmou a realização da fase final do torneio estadual para janeiro de 2019.

(Fonte: Assessoria de comunicação)