Skip to content

Neste primeiro domingo de 2021, ainda falando sobre...

Falsos sinônimos

...

100 SANÇÃO

Cuidado. Pode ser “aprovação” ou “punição”: “Esperamos a sanção do presidente” (= aprovação); “Teme-se que haja sanções contra o Iraque” (= punições).

101 SANCIONAR

Deve ser usado somente com o sentido de “aprovar, promulgar”: “O governo deve sancionar a lei até o fim desta semana”.

102 SANEAR

Para “finanças”, devemos usar “sanear, e não “sanar“: “O empréstimo visa a sanear nossas finanças”. No sentido de “curar, tornar são”, podemos usar “sanar ou “sanear.


103 SEQUESTRO

É a apreensão de bens ou pessoas, com fins políticos ou para extorquir dinheiro. Pode haver sequestro sem extorsão.

Um exemplo questionável: “Isso ocorreu logo depois do anúncio do sequestro dos cruzados novos, na época do Plano Collor”. (= Na verdade, os cruzados novos foram bloqueados.)

O sequestro de bens ocorre quando eles ficam indisponíveis. No caso de pessoas, sequestro é o fato de se tirar a sua liberdade; a exigência de dinheiro já é outro crime: extorsão. Sequestro não é sinônimo de “rapto.


104 SUPLEMENTAR

É “extra, adicional”. Não é sinônimo decomplementar. Uma “verba complementar” é a segunda parte ou a parte que faltava; uma “verba suplementar” é uma verba extra, adicional, não prevista.

105 SURTO

Atinge um número limitado de pessoas numa área restrita.

106 TODO

Significa “qualquer”: “Ele é capaz de fazer todo trabalho (= qualquer trabalho)”; Isso acontece todo dia (= qualquer dia, todos os dias).

Não devemos confundir com “todo o, que significa “inteiro”: “Ele fez todo o trabalho (= o trabalho inteiro)”; “Trabalhou todo o dia (= o dia inteiro)”; “E a previsão para este domingo é de sol em todo o Estado (= para o Estado inteiro)”; “Haverá vacinação em todo o país (= no país inteiro)”.


107 TRANSPLANTADO

É o órgão, não a pessoa: “O coração transplantado…”

Devemos evitar: “A menina transplantada passa bem”.

108 TRIMENSAL/TRIMESTRAL

Trimensalé “três vezes por mês”; “trimestral é “de três em três meses”.

Teste da semana

Que opção completa, corretamente, a frase abaixo?

Estes __________ devem entregar os __________ contra os __________”.

(a) cidadãos / abaixo-assinados / decretos-lei;

(b) cidadãos / abaixos-assinados / decretos-leis;

(c) cidadães / abaixo-assinado / decreto-leis;

(d) cidadões / abaixo-assinados / decretos-leis;

(e) cidadões / abaixos-assinados / decretos-lei.

Resposta do teste: letra (a).

O plural de CIDADÃO é CIDADÃOS. ABAIXO-ASSINADO é formado por advérbio (= abaixo) + adjetivo (= assinado). Como os advérbios são palavras invariáveis, somente o segundo elemento vai para o plural: abaixo-assinados. DECRETO-LEI é um substantivo composto que apresenta duas formas corretas para o plural. Como são dois substantivos variáveis, podemos dizer DECRETOS-LEIS; e como o segundo substantivo especifica o primeiro, é correto, também, somente o primeiro elemento ir para o plural: DECRETOS-LEI.

Da TV, depois da novela “Antônio Maria”, vimos a chegada aqui, nesta tradicional São Luís, a capital do grande Estado do Maranhão, do governador de São Paulo, dr. Abreu Sodré e da comitiva ilustre que o acompanhava. No Tirirical, a concentração popular, o povo como há muito não o víamos, o povo na praça pública, o povo na participação, o povo ajudando Sarney na recepção condigna prestada ao governador paulista. O povo na grandiosidade de suas afirmações democráticas. E, junto desse povo, na liderança, na melhor expressão do alto cargo público que ocupa, o líder oposicionista, o candidato de ONTEM e o dinâmico governador de HOJE, deste Maranhão que saiu do aprisionamento para reencontrar-se com a História deste presente de libertações, de construções administrativas notáveis.

De longe, através da imagem da TV, vimos a chegada da caravana paulista, homens de São Paulo, seu governante, seu povo, sua História e a sua Geografia. Em cada paulista, a marca da resistência, da luta, do trabalho construtivo. Em cada um, a força de um mesmo idealismo: empurrar mais o Estado progressista para além-fronteiras de suas conquistas e de suas realizações. Um São Paulo mais São Paulo e mais Brasil. Um São Paulo mais unido, mais humano, mais presente. Um São Paulo que amplia a sua política de relações diplomáticas com os seus irmãos do Sul e do Norte do país. Que está atuando na área da sua política expansionista com a execução de um programa político mais evoluído. E, nesta sua decisão, veio encontrar-se, frontalmente, com este Maranhão de José Sarney, Maranhão de reformas, de progresso, de planejamento, de soluções, de energias, criando outras energias. Este Maranhão de estradas, de caminhos, de empreendimentos, de iniciativas impressionantes. Este Maranhão de açudes, de Boa Esperança, de Itaqui, marcando no asfalto suas metas de conquistas, de evolução política, social e econômica. Este Maranhão do MEIO-NORTE iluminado de fé, de crença e batizado de FUTURO. E, com Sodré e Sarney, o exemplo da cordialidade, o exemplo desta unidade político-administrativa tão necessária para o maior engrandecimento do Brasil.

Da TV, vimos a chegada de São Paulo, o continuísmo desta fraternização que sempre existiu entre os dois Estados, o do SUL e o do NORTE. Diante de seus governantes, o povo, a História ao vivo de episódios e acontecimentos históricos que assinalam, na lembrança de todos nós, a grandiosidade de nossa luta, da nossa resistência, nosso trabalho, nosso sacrifício, nossas renúncias por um mundo melhor. Um Maranhão mais ordem e mais progresso. Diante dos dois governantes, o povo na identificação de seu entusiasmo, sua festa de civismo, de participação. Depois, a palavra de Sarney, saudando o governador paulista. Do fluente tribuno maranhense, a oratória empolgante, o verbo cativante dando a presença do seu governo e de seu povo à recepção, mensagem da alegria pela chegada de Abreu Sodré a nosso Estado. E, com o governador maranhense, o líder, o político, as nossas tradições de inteligência e de cultura. Com ele, a figura dos Bandeirantes paulistas abrindo as comunicações, plantando, na terra dadivosa, a semente da renovação, e outro pensamento, de uma nova orientação. Com ele, a vitalização da Democracia.

Depois, a palavra de Abreu Sodré. O registro de suas primeiras impressões. A palavra certa para um momento certo. A palavra das afirmações. A palavra das decisões. A palavra das reformas políticas e sociais, o traço marcante de sua personalidade. E ressaltou a administração Sarney. E ressaltou a presença do povo maranhense no governo do Maranhão. Sim, ninguém pode governar sem contar com o calor da vibração popular. Tem que haver esta ajuda, esta compreensão, esta valiosa presença. Não pode haver governo sem povo. Não. Não pode haver governo sem a participação da mocidade, dos setores de trabalhos profissionais, sem a juventude, sem intelectuais, sem os seus operários. Não. E, só assim, pode funcionar o regime democrático. E Sodré reconhece esta válida colaboração e sentiu, de perto, esta liderança política do nosso governador. E focalizou aspectos com relação à política das relações humanas. Ressaltou estes princípios de unidade, de fortalecimento. Fez sentir esta necessidade: um trabalho de construção nacional, um trabalho de soerguimento, de recuperação total. São Paulo, afirmou, está executando este trabalho de coordenação, de penetração, de comercialização de intercâmbio, de aproximação. São Paulo está na luta democrática por um Brasil mais independente, mais próspero, mis progressista e mais feliz. E, integrado nesta meta de evolução política, com parcelas impressionantes de colaboração, de entendimento, o nosso Maranhão, o governante maranhense José Sarney.

Dois homens, dois estilos, um só pensamento, uma só decisão: o maior crescimento do Brasil. E, daqui desta coluna, um muito do nosso entusiasmo, da nossa solidariedade, do nosso pensamento: a maior grandeza deste Brasil que é berço e que é túmulo.

* Paulo Nascimento Moraes. “A Volta do Boêmio” (inédito) – “Jornal do Dia”, 6 de agosto de 1969 (quarta-feira).

O ano de 2021 traz perspectivas animadoras para a astronomia, como a contagem regressiva para uma missão com destino à Lua e o lançamento de um supertelescópio que fará imagens inéditas do espaço.

Quem perdeu a oportunidade de observar os eventos ocorridos em 2020 terá a chance de observar novos fenômenos a partir de 27 de abril, com uma Superlua.

Em maio, um eclipse total da Lua será a atração nos céus brasileiros. Novembro terá outro eclipse, desta vez parcial.

Em dezembro, será possível conferir a famosa chuva de meteoros Geminídeas.

Começa este ano também a contagem regressiva para a missão Artemis, da Nasa, que deve levar a primeira mulher à Lua em 2024, com parceria brasileira. Os testes não tripulados começam este ano, segundo a agência espacial norte-americana.

A missão ganhou novo fôlego após a descoberta de moléculas de água na Lua, detectada pelo telescópio Sofia.

Telescópios

O lançamento do supertelescópio James Web é o destaque de Duilia de Mello, astrônoma, pesquisadora em projetos da Nasa e vice-reitora da Universidade Católica da América.

“Eu acho que vai ser absolutamente incrível toda expectativa que vai se tornar ao redor deste lançamento deste telescópio [James Web], que estamos esperando há tanto tempo e vai revelar os confins do universo. A gente vai poder ver as primeiras galáxias. Além disso, [o telescópio] vai confirmar também alguns planetas ao redor de outras estrelas. Vai ser uma missão de impacto na nossa visão de universo”.

O astrofísico do Observatório Nacional Ricardo Ogando destaca que as imagens em alta resolução que serão capturadas em 2021 também serão destaque no campo astronômico.

“A astronomia é a ciência do acaso. A gente nunca sabe o que vai descobrir. É muito difícil prever o que será destaque em 2021. Por exemplo, matéria escura e energia escura. São dois ingredientes importantes do universo que ninguém sabe o que são e surpreenderam a todos quando foram descobertos”, explica.

Matéria escura

O cientista explica que a matéria escura é uma matéria invisível, não detectável fisicamente e apenas teorizada devido à sua ação gravitacional. A energia escura, por sua vez, é o nome que se dá ao ''combustível'' que acelera a expansão do universo.

“Vários projetos estão tentando descobrir mais detalhes sobre este setor escuro do universo. Um deles é o Legacy Survey of Space and Time (LSST) no Observatório Vera Rubin, no Chile, vai usar um telescópio de 8 metros para fazer uma espécie de filme em altíssima resolução do céu usando uma câmera de 3,2 mil megapixels”, revela o astrofísico.

Leonardo Andrade, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, destaca o uso de dados dos telescópios para detecção de bioassinaturas.

''Para 2021, teremos possivelmente a confirmação de alguns estudos, como o que trata da descoberta de um planeta ao redor de duas estrelas – uma viva e outra morta, usando dois métodos de detecção diferentes”, afirmou.

Para Hélio Jaques Rocha-Pinto, diretor do Observatório do Valongo, 2021 será uma oportunidade para ampliar o conhecimento humano sobre a Via Láctea com a liberação de dados do satélite Gaia.

“Eu espero grandes descobertas na área da astronomia galáctica em função da liberação de dados do satélite Gaia, que está disponibilizando aos pesquisadores uma quantidade de informações sem precedentes em termos de precisão das posições estelares e do movimento das estrelas na esfera celeste”, concluiu.

(Fonte: Agência Brasil)

O primeiro mês do ano, janeiro, traz o dia da Confraternização Universal (1º) e datas como o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (21).

Janeiro também é marcado por datas que celebram a comunicação no Brasil. No dia 20, a inauguração da TV Tupi completa 70 anos. No dia 8, o lançamento da radionovela “O Direito de Nascer” (uma das de maior sucesso da história) também completa 70 anos.

Mais recentemente, há cinco anos (no dia 1º), o acordo ortográfico entrou em vigor nos países lusófonos. As datas são alguns dos 99 fatos históricos, datas comemorativas e feriados selecionados pelo Projeto Efemérides, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

O Projeto Efemérides traz temas relacionados à história, personalidades, cultura, ciência, sempre ressaltando as datas nacionais e regionais. Ele foi criado com o objetivo de oferecer mais um serviço para as áreas produtoras de conteúdo por meio de sugestões de pautas para matérias jornalísticas. A equipe da Gerência de Acervo atende aos pedidos de pesquisa: basta enviar um “e-mail” para centraldepesquisas@ebc.com.br.

Janeiro de 2021

Nascimento da atriz gaúcha de ascendência italiana Maria Della Costa (95 anos)

Nascimento do ator, radialista, locutor, radioator, autor, diretor e roteirista cearense Emiliano Queiroz (85 anos)

Nascimento do ex-futebolista paulista Roberto Rivellino (75 anos) – frequentemente considerado um dos melhores jogadores da história do futebol

Fundação do Império Alemão (150 anos) – às vezes referida como Alemanha Imperial, era o Estado nacional alemão que existia desde a Unificação da Alemanha em 1871 até a abdicação do Imperador Guilherme II em 1918.

Formação do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, ou simplesmente Reino Unido (220 anos)

Ceres, o maior e primeiro objeto conhecido no cinturão de asteroides, é descoberto por Giuseppe Piazzi (220 anos)

As colônias britânicas de Nova Gales do Sul, Queensland, Victoria, Austrália Meridional, Tasmânia e Austrália Ocidental constituem a federação da Austrália; Edmund Barton é nomeado seu primeiro-ministro (120 anos)

Acordo Ortográfico de 1990 entra em vigor no Brasil em caráter definitivo e obrigatório (5 anos)

Dia da Confraternização Universal

Dia do Domínio Público

Fundação Esporte Clube Bahia (90 anos)

2

Nascimento do cineasta, documentarista e jornalista russo Dziga Vertov (125 anos) – fez parte do movimento construtivista, escrevendo inúmeros artigos sobre a teoria do filme

Nascimento do ex-técnico paulista de basquete Aluísio Elias Ferreira Xavier, o Lula Ferreira (70 anos)

Nascimento do futebolista e treinador paulista Waldir Peres (70 anos) – considerado um dos mais importantes goleiros do futebol brasileiro

Criação do Parque Estadual da Pedra Azul, no Espírito Santo (30 anos)

3

Nascimento do advogado, jornalista, radialista, escritor, professor e político fluminense Paulo Alberto Moretzsonh Monteiro de Barros, o Artur da Távola (85 anos) – foi apresentador de um programa sobre música na Rádio MEC

Morte do acordeonista paulista José Carlos Ferrarezi, o Robertinho do Acordeon (15 anos)

Gravação do álbum “Afro-sambas”, do violonista Baden Powell e do compositor e cantor Vinicius de Moraes (55 anos)

Papa Leão X excomunga o então monge agostiniano Martinho Lutero (500 anos)

Entra em vigor o Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (45 anos)

4

Nascimento da atriz e humorista paulista Zilda Cardoso (85 anos) – famosa por interpretar a Dona Catifunda em programas de televisão

Nascimento do engenheiro mineiro Israel Pinheiro (125 anos) – foi convidado por JK para participar na construçao de Brasília e, mais tarde, seria o primeiro prefeito do Distrito Federal

Dia Mundial do Braille

Fundação do “Jornal da Tarde” (55 anos)

5

Nascimento do animador, cineasta, roteirista, escritor e artista de mangá japonês Hayao Miyazaki, o Disney japonês (80 anos)

Morte do cantor e compositor paulista Roque Ricciardi, o Paraguassu (45 anos)

6

Nascimento do cantor, produtor, poeta, guitarrista e pintor inglês Syd Berrett (75 anos) – um dos fundadores do Pink Floyd

Dia de Reis

Lançamento do programa Um milhão de melodias, na Rádio Nacional (78 anos)

7

Nascimento do cantor e compositor fluminense Luiz Melodia (70 anos)

Dia do Leitor

Dia da Liberdade de Culto

8

Morte do cantor e intérprete de samba-enredo fluminense Dermeval Miranda Maciel, o Roberto Ribeiro (25 anos)

Dia Nacional do Fotógrafo e da Fotografia

Lançamento da radionovela “Direito de Nascer”, na Rádio Nacional (70 anos)

9

Nascimento da cantora estadunidense Joan Baez (80 anos)

Entra em vigor, no Brasil, a Lei Saraiva que estabeleceu o título de eleitor, proibiu o voto de analfabetos e adotou eleições diretas para todos os cargos eletivos do Império brasileiro (140 anos)

Dia do Astronauta – comemoração em homenagem à Missão Centenário. Realizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB) no ano de 2006, a missão foi responsável pela viagem de Marcos Pontes, o primeiro brasileiro no espaço, para a Estação Espacial Internacional (EEI)

Dia do Fico – quando o então príncipe regente D. Pedro de Alcântara foi contra as ordens das Cortes Portuguesas que exigiam sua volta a Lisboa, ficando no Brasil

10

Morte da estilista francesa Coco Chanel (50 anos)

Morte do cantor, compositor, ator e produtor musical britânico David Bowie (5 anos)

Convocação da Primeira Assembleia Geral da ONU, em Londres (70 anos)

Início da Festividade do Glorioso São Sebastião (Arquipélago do Marajó)

11

Nascimento do estudante de economia da UFRJ, o baiano Stuart Angel Jones (75 anos) – participou da luta armada contra a ditadura militar no Brasil

Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos

12

Morte do cantor, violonista e compositor fluminense Luiz Bonfá (20 anos)

Morte da escritora britânica Agatha Christie (45 anos)

Morte do atleta paulista Adhemar Ferreira da Silva (20 anos) – primeiro bicampeão olímpico do país

O então presidente da República Juscelino Kubitschek funda a Orquestra Sinfônica Nacional (OSN) (60 anos) – integrou a Campanha Nacional de Radiodifusão Educativa e foi constituída pela incorporação de todos os músicos sinfônicos da Rádio Nacional e a Rádio MEC, produziu centenas de gravações exclusivas

Fundada a cidade de Belém, na Capitania do Grão-Pará (atual Estado do Pará), por Francisco Caldeira Castelo Branco (405 anos)

13

Morte do romancista, contista e poeta irlandês James Joyce (80 anos)

14

Getúlio Vargas institui as Comissões de Salário Mínimo (85 anos) – por meio delas, procedeu-se a longo e rigoroso inquérito para cálculo do salário mínimo

15

Nascimento do cantor, compositor e acordeonista pernambucano José Januário Gonzaga do Nascimento, o Zé Gonzaga (100 anos)

Lançamento da Wikipédia, enciclopédia livre de conteúdo “wiki” (20 anos)

16

Nascimento do cantor fluminense Jorge Neves Bastos, o Jorge Goulart (95 anos)

17

Nascimento do cantor, compositor, violinista e escritor fluminense Henrique George Mautner, o Jorge Mautner (80 anos)

18

Dia Estadual da Baía de Guanabara – determinado pela Lei 3.616/2001, certamente para lembrar a data do vazamento de um tubo submarino que resultou em uma enorme mancha de óleo

19

Inaugurada pelo presidente brasileiro Eurico Gaspar Dutra a Rodovia Presidente Dutra ligando São Paulo e Rio de Janeiro (70 anos)

20

Nascimento do escritor e jornalista fluminense Euclides da Cunha (155 anos)

Criação da Força Aérea Brasileira (FAB) (80 anos)

Três jovens da cidade mineira de Varginha relatam ter visto um ser extraterrestre, e a suposta aparição da criatura causou repercussão nacional que ficou conhecido como o caso do ET de Varginha (25 anos)

Dia de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro - feriado municipal

Inaugurada a estação de televisão brasileira TV Tupi Rio de Janeiro (70 anos)

Dia Nacional da Parteira Tradicional

21

Nascimento do cantor e compositor alagoano José Fernandes de Paula, o Peterpan (110 anos)

Nascimento do tenor lírico spinto, músico e maestro espanhol Plácido Domingo (80 anos)

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

22

Nascimento do filósofo, cientista, ensaísta inglês Francis Bacon (460 anos) – considerado como o fundador da Ciência Moderna

Morte do militar, engenheiro, professor e estadista fluminense Benjamin Constant (185 anos)

Fundação da Universidade Federal do Acre (50 anos)

23

Nascimento do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro (80 anos)

24

Nascimento do cantor estadunidense Neil Diamond (80 anos)

O sismo mais mortal da história, o sismo de Shaanxi, atinge a província de Shaanxi, na China. Houve cerca de 830.000 mortes (465 anos)

Dia da Previdência Social - a data é uma homenagem à publicação da Lei Eloy Chaves, em 24 de janeiro de 1923, que instituía a base do sistema previdenciário brasileiro, por meio da criação da Caixa de Aposentadorias e Pensões para os empregados das empresas ferroviárias

25

Nascimento da cantora, compositora e atriz fluminense Elizabeth Miessa, a Beth Goulart (60 anos)

Nascimento do cantor e compositor fluminense Milton de Oliveira (105 anos) – em 1954, teve gravadas pelo cantor e radialista César de Alencar, então no auge do sucesso de seu programa na Rádio Nacional, o baião “O casamento da filha do Tomás” e a marcha “No Japão é que é bom”, com Haroldo Lobo

Dia do Carteiro – a data resgata a memória da criação, em 25 de janeiro de 1663, do Correio-Mor no Brasil, cujo primeiro titular foi Luiz Gomes da Matta Neto, que já era o Correio-Mor do Reino, em Portugal

Dia da Bossa Nova

Inauguração do Elevado Presidente João Goulart, nomeado anteriormente Elevado Presidente Costa e Silva, e popularmente conhecido como Minhocão (45 anos)

26

Morte do escritor e diplomata maranhense Graça Aranha (90 anos)

27

Nascimento do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (265 anos)

Morte do compositor de óperas italiano Giuseppe Fortunino Francesco Verdi (120 anos)

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Dia Internacional do Conservador Restaurador

Criação da Fundação Cultural de Brasília (60 anos)

Fundação da Candangolândia (RA XIX) (65 anos)

28

Lançamento do Plano Cruzado (35 anos)

Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo – a data relembra a chacina cometida em Unaí (MG) da equipe de auditores que estava indo investigar uma informação de trabalho escravo numa fazenda local

Dia Internacional da Privacidade de Dados

29

Nascimento do ex-jogador de futebol e político fluminense Romário de Souza Faria (55 anos)

Morte da atriz paulista Geórgia Gomide (10 anos)

Dia da Visibilidade Trans

30

Nascimento do músico britânico Philip David Charles Collins, o Phil Collins (70 anos)

Dia do Quadrinho Nacional

Dia da Saudade

31

Morte do cantor, instrumentista, arranjador e compositor paraense Ismael Netto (65 anos) – criador do conjunto Os Cariocas, grupo vocal de grande popularidade e que teve intensa atuação na época da bossa nova. Seus arranjos vocais, a quatro e cinco vozes, fizeram o diferencial do conjunto em relação a seus antecessores, que cantavam a três vozes. Segundo Ruy Castro, em seu livro “Chega de Saudade”, a importância de Ismael para a música popular brasileira, como harmonizador, ainda está por ser conhecida, mas, em seu tempo, ele era um prodígio

Dia Mundial do Mágico

Fundação do município amazonense de Nhamundá do Corocoro no médio Amazonas (65 anos)

(Fonte: Agência Brasil)

Música brasileira, talentos de instrumentos e voz, e, claro, a emoção de um dos festivais mais tradicionais do país. Esse conjunto estará no ar nesta sexta (dia 1º) em programação especial da TV Brasil. O “show” com as apresentações dos 12 finalistas do Festival de Música da Nacional FM começa às 22h30 e tem duração de uma hora e meia. O anúncio dos vencedores ocorreu, primeiramente, pela Rádio Nacional FM, no último dia 4 de dezembro.

O festival, na 12ª edição, celebrou a originalidade e a cultura nacional em alto e bom som. O programa, apresentado por Karina Cardoso e Mario Sartorello, traz os trabalhos selecionados para a grande noite de premiação com as músicas autorais finalistas. O evento foi gravado no Teatro da Caixa Cultural, em Brasília, e promovido pela Rádio Nacional FM (frequência 96,1 MHz), que pertence à Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A premiação consagrou artistas nas categorias de Música Mais Votada na Internet, Melhor Letra, Melhor Arranjo, Melhor Intérprete Instrumental, Melhor Intérprete Vocal, Melhor Música Instrumental e Melhor Música com Letra.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a edição de 2020 não teve a realização do “show” da final com a presença de público, como tradicionalmente ocorre. As apresentações dos 12 finalistas foram gravadas para a produção desse programa especial que será exibido na TV Brasil, nesta sexta.

A edição deste ano, totalmente “on—line”, teve recorde de inscrições com 319 músicas. Em relação ao ano passado, quando festival contou com 229 trabalhos, houve um aumento de quase 30% no número de inscritos

Tradição

A primeira edição do “Festival Música da Nacional FM” foi realizada em 2009 e, desde então, o evento movimenta a cultura do Distrito Federal e os trabalhos de artistas como compositores, cantores, músicos, arranjadores, além dos estúdios de gravação.

Entre os vencedores, o jovem músico Mikael Pederiva, por exemplo, foi vencedor da categoria Música Mais Votada Pela Internet, com a canção “João Ninguém”. E fez sucesso: teve 49% dos votos.

Os vencedores:

Melhor Música com Letra

Dia de Feira –  Kirá e a Ribanceira

Melhor Música Instrumental

“A Engrenagem” – Era Pra Ser Relax

Melhor Intérprete Vocal

“Foice” – Júlia Carvalho

Melhor Intérprete Instrumental

“Me Deixa” – Ian Coury Trio

Melhor Letra

“A Onda Que Leva e Traz” – Natália Pires

Melhor Arranjo

“Aqui Também Tem” – Daniel Rodrigues e Breno Alves

Música Mais Votada pela Internet

“João Ninguém” – Mikael Pederiva

(Fonte: Agência Brasil)

O governo federal prorrogou, mais uma vez, o prazo para que as salas de cinema do país passem a oferecer recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência visual e auditiva. Essa obrigatoriedade consta na Lei 13.146/2015, o Estatuto da Pessoa com Deficiência. O prazo original para cumprimento desses requisitos era janeiro de 2020.

No último dia de 2019, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma Medida Provisória (MP) prorrogando o prazo de adaptação por um ano. Nessa quinta-feira (31), assinou outra MP prorrogando novamente, desta vez por 24 meses.

Segundo a Presidência da República, a MP se faz necessária em razão das medidas restritivas e do fechamento das salas de cinema provocado pela pandemia de Covid-19, o que prejudicou o faturamento do setor em 2020. O Ministério do Turismo ainda explicou que, se o prazo de adaptação não fosse prorrogado, 50% a 70% do parque exibidor nacional se tornaria irregular em 2021.

De acordo com o governo, a aplicação das sanções poderia aprofundar ainda mais os problemas vivenciados pelo segmento em virtude da pandemia. "Desse modo, a prorrogação do prazo para que as salas de cinema se tornem acessíveis irá contribuir no processo de recuperação do setor cinematográfico a partir de 2021”, completa a nota. (Fonte: Agência Brasil)