Skip to content

Marcelo Medeiros fica em segundo entre os quadriciclos na etapa “Padim Ciço” do Sertões 2021

Marcelo Medeiros, da Taguatur Racing Team, finalizou a segunda etapa do 29º Sertões na segunda posição entre os quadriciclos. O maranhense, que foi o quarto piloto a largar no dia, atravessou os 241 quilômetros da especial deste domingo (15), entre Patos (PB) e Juazeiro do Norte (CE) em 04h46min49s, mais de oito minutos após o primeiro colocado. A etapa ainda reservou um deslocamento final de outros 241 quilômetros até a chegada a Araripina (PE), capital nacional do gesso.

O trecho especial deste domingo teve dois complicadores. A começar pelo clima árido e quente que, mais uma vez, botou, à prova, o condicionamento físico de cada competidor. O outro fator foi o nível de dificuldade da prova, que ficou ainda mais “casca grossa”. Passando por 11 cidades, o trajeto se iniciou por fazendas e se destacou pela quantidade de buracos, mata-burros, piso em erosão, trechos bem sinuosos com aclives, entre outras adversidades. A partir do meio da prova, as pistas foram de alta velocidade com piso de cascalhos, pedras e piçarras, bem característica do semiárido nordestino, Foi nesse trecho que o piloto da Yamaha YFM 700R #100 passou por imprevistos que prejudicaram seu desempenho.

“A prova foi boa, e eu estava indo bem, mas tive um problema com o pneu. Tive que parar e remendá-lo. Voltei à prova e, logo em seguida, reparei que estava vazando no local em que eu havia remendado. Tive que parar de novo. Isso fez eu perder tempo. Mas dá tempo de recuperar, afinal estamos na segunda etapa ainda e temos mais sete pela frente. Estamos na briga. Amanhã é outro dia”, relata Marcelo Medeiros, que disputa a competição tanto pelo Campeonato Brasileiro de Cross Country quanto pela FIM.

A terceira etapa da competição reserva uma das especiais mais bonitas de toda a competição. Os 220 quilômetros de trecho de prova entre Araripina (PE) e São Raimundo (PI) passa pela Serra da Capivara, um dos mais antigos sítios arqueológicos das Américas, com pinturas rupestres com mais de 50 mil anos de história. O caminho, por região montanhosa, terá muitas pedras, passagens por pontes altas e caminhos que exigem alta atenção do piloto. A especial promete ser mais travada, com pistas mais estreitas e que, no fim, terá cerca de 15km em trecho de areia. A previsão do tempo promete sol a pino, com temperatura na casa dos 34ºC.  A navegação e a concentração serão muito importantes nessa etapa. Uma boa estratégia será fundamental.

A competição será dividida em prólogo mais nove etapas. O rali passará, ainda, por São Raimundo Nonato (PI), Xique-Xique (BA), Petrolina (PE), Delmiro Gouveia (AL), Arapiraca (AL) e Tamandaré (PE), onde será a chegada no dia 22 e sediará a cerimônia de premiação.

No Sertões, Marcelo Medeiros conta com patrocínio do governo do Estado do Maranhão e do Centro Elétrico, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

ESULTADO DA 2ª ETAPA – QUADRICICLOS

“Padim Ciço”: Patos (PB) / Araripina (PE)

1) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, Bianchini Rally, 04h38min03s

2) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM-700R, Taguatur Racing Team, 04h46min49s

3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, Sonik Team, 04h54min40s


RESULTADO GERAL APÓS DUAS ETAPAS – QUADRICICLOS

1) #107 Manuel Andujar, Yamaha Raptor 700, Bianchini Rally, 09h23min36s2

2) #100 Marcelo Medeiros, Yamaha YFM-700R, Taguatur Racing Team, 09h23min55s2

3) #101 Rafal Sonik, Yamaha Raptor, Sonik Team, 09h56min38s1

Próximos trechos do SERTÕES 2021:

Segunda-feira, 16/8 – 3ª etapa – “São Raimundo Nonato”: Araripina (PE) / São Raimundo Nonato (PI)

DI -150km | TE – 220km | DF 45km | Total= 451km

Local de chegada: Parque de Exposições – São Raimundo Nonato (PI)

Terça-feira, 17/8 – 4ª etapa – “Laço do Vaqueiro”: S. Raimundo Nonato (PI)

DI – 0km |TE – 316km |DF – 5km | Total= 321km

Local de chegada: Parque de Exposições – São Raimundo Nonato (PI)

Quarta-feira, 18/8 – 5ª etapa – “Xique-xique”: S. Raimundo Nonato (PI) / Xique-Xique (BA)

DI – 14km | TE – 329km | DF – 100km |Total = 422km (MARATONA)

Local de chegada: Parque Aquático Ponta das Pedras

Quinta-feira, 19/8 – 6ª etapa - “Velho Chico”: Xique-Xique (BA) / Petrolina (PE)

DI – 0km | TE – 328km | DF – 148km |Total = 476km (FIM MARATONA)

Local de chegada: Pátio de evento Ana das Carrancas

Sexta-feira, 20/8 – 7ª etapa – “Lampião”: Petrolina (PE) / Delmiro Gouveia (AL)

DI – 139km | TE – 240km | DF – 62km |TOTAL= 441km

Local de chegada: Cidade Universitária

Sábado, 21/8 – 8ª etapa – “Alagoas”: Delmiro Gouveia (AL) / Arapiraca (AL)

DI – 9km | TE – 152km | DF – 87km | TOTAL= 249km

Local de chegada: Planetário e Casa da Ciência

Domingo, 22/8 – 9ª etapa – “Sertão virou mar”: Arapiraca (AL) / Tamandaré (PE)

DI – 194km | TE – 133km | DF – 18km | TOTAL= 344km

Local de chegada: Forte de Santo Inácio de Loyola

TOTAL GERAL= 3.615km | TOTAL DE ESPECIAIS= 2.202km

Mais informações da equipe:

Facebook e Instagram:

@marcelomedeiros10

Assessoria de Comunicação:

SiG Comunicação

sig@sigcomunicacao.com.br

Silvana Grezzana Santos | Luciano Santos | Josi Castro

+55 (11) 99972-6966 / (11) 98663.1742

(Fonte: Assessoria de imprensa)